quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Ternura


Vi ternura em seus olhos,
aquela ternura que enlouquece,
que toca o coração,
que perturba os sentidos,
um sentimento oculto
que enternece e fascina,
um prazer de tocar,
sem tocar,
só de olhar.
Vi ternura em seus olhos
e busquei mais ainda...
tentando decifrar
o que passa na alma,
buscando uma resposta
para tantas perguntas,
que satisfaçam os anseios,
ilusões e fantasias.

Nieda de Souza Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário