quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Olhar



Quando me olhas ternamente assim,
sinto um céu nascendo em mim.
Quando me olhas com olhar de medo,
sei que me escondes algum segredo.
Quando me olhas com olhar tristonho
sinto morrer um pouco cada sonho...
Mas quando me olhas com olhar de adeus,
eu fecho os meus olhos pra não ver os teus!

Dalva Cavalcanti Tormim

Nenhum comentário:

Postar um comentário