segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Agora eu compreendo ...


Agora eu compreendo que sempre esperei por você. Foram longas horas, noites de agonia, terríveis dias sem sol, sem calor. Como num pesadelo cruel eu vagava pelas sombras, na sensação do vazio, da inutilidade, da desesperança.

Quando você chegou na minha vida, logo no primeiro minuto no primeiro dia, senti no seu sorriso, no brilho dos seus olhos, em todo o encanto que envolvia você que o amor finalmente chegara.

A beleza ressurgiu no céu e na terra. Uma melodia suave e bonita invadiu os ares. Luzes brilhantes e coloridas foram ocupando o lugar das sombras. Todos os fantasmas da descrença desapareceram. E de alegria em alegria, de certeza em certeza, venho caminhando por esses novos caminhos. 

Caminhos inexoráveis do destino que me conduzem sempre a você. Aos seus braços, aos seus afagos, aos seus carinhos e a todo esse ardor de vida, de promessas e de sonhos que significam o amor. O mais sublime amor.

Que representam, entretanto, todas as palavras diante da grandeza desse sentimento, dessa dádiva que me foi concedida, de encontrar você, de amar você? Milhares de palavras não seriam suficientes para dizer tudo o que sinto. Para revelar, em toda a sua pureza, a maravilhosa paixão que eu tenho por você!

Dario Barbosa Bulane

Nenhum comentário:

Postar um comentário